FANDOM


Malag Bal é o príncipe Daedrico da dominação e escravização dos mortais, e é conhecido como o Deus dos Esquemas. Ele também é conhecido pelos títulos de Príncipe Esquematizador, Coletor de Almas e o Pai do Porto-Frio. Molag Bal é o criador do vampirismo.

Seu desejo é coletar e consumir as almas dos mortais semeando a discórdia e o conflito nos reinos mortais, e fundir Nirn com seu próprio reino de Porto-Frio. Ele tem grande importância em Morrowind, onde ele é um dos A Casa dos Quatro Cantos Problemáticos, e é arqui-inimigo de Boethiah; Príncipe Daedrico das Tramas.

Aparência e personalidade

Quotebg.png
"Sua bijuteria Aedrica não pode me vencer, Eu sou Molag Bal, Senhor da Dominação!"
―Molag Bal

Molag Bal se assemelha a uma grande, híbrido de réptil e boi, e normalmente a parece adornado com chifres, presas, garras e uma longa cauda. Essa aparência escamosa condiz muito com seu comportamento: esse Príncipe Daedrico sinuoso é o mestre da corrupção, e todo o seu reino de Porto-Frio, consiste apenas de morte e destruição.

Plano de Oblivion

The-Elder-Scrolls-Online-Journey-To-Coldharbour

O plano de Oblivion de Molag Bal, Porto-Frio.

Quotebg.png
"Isso mesmo, um altar. Homens vinham e sacrificavam os miseráveis em meu nome. Os fracos serão castigados pelos fortes."
―Molag Bal

O plano de Oblivion de Molag Bal é o Porto-Frio. O livro As Portas de Oblivion diz que seu plano é uma versão alternativa de Nirn, possuindo até mesmo o Palácio Imperial, só que desolado e em ruínas. O céu está em chamas, o chão sedimentado e o ar é congelante.

Porto-Frio é apresentado em The Elder Scrolls Online, sendo o ponto de partida de todos os jogadores.

História e lenda

Morrowind

Ele é o principal obstáculo para os Chimer (e consequentemente os Dunmer). Nas lendas, Molag Bal sempre tenta perturbar as linhagens das Grandes Casas ou então arruinar a "pureza" Dunmeri. Ele é conhecido como o Rei do Estupro e é dito ser o pai (assim como Vivec, ao qual ele seduziu) de uma população de mutantes degenerados que vivem na região de Molag Amur em Morrowind. Essa raça é dita, em Morrowind, serem os primeiros vampiros; uma corrupção da ligação de Vivec com o coração de Lorkhan transmitida aos mortais. Mas, essa história é apenas contada em Morrowind; mas a origem dos vampiros na verdade possui uma ligação direta com Lamae Beolfag.

É possível que ele tenha ajudado Jagar Tharn em sua temporária ascendência ao trono. Ele também é responsável pela destruição de uma cidade, Gilverdale, ao final da Primeira Era.

Primeira Era

Em 1E 2920, Molag Bal, conjurado pelo Rei Dro'Zel de Senchal, destruiu a cidade de Gilverdale. Todos os habitantes foram mortos em uma névoa vermelha reluzente. Esse massacre Daedrico forçou Sotha Sil à fazer uma jornada até Porto-Frio, tendo que lidar com alguns dos mais proeminentes Príncipes Daedrico para evitar o que aconteceu em Gilverdale, acontecesse em outras cidades de Tamriel, já que Morrowind estava em guerra contra Cyrodiil.

Interregnum

Molag Bal aparece como principal antagonista em Elder Scrolls Online, aproveitando a vantagem da guerra e destruição em Tamriel e tentando fundir Nirn e Porto-Frio; usando máquinas Daedrica chamadas Ancoras Negras, em um evento conhecido como Mescla-Plano.

Batalha de Porto-Frio

Aquele Sem Alma, também conhecido como Vestígio, junto com Vanus Galerion, o Grêmio dos Lutadores e o Grêmio dos Magos; iniciam um ataque a Porto-Frio para confrontar Molag Bal e por fim a sua traição. Uma cidade controlada por Meridia foi levada até Porto-Frio por Molag Bal, mas já que ali ele não tinha poder, o Vestígio e a força de ataque foram capazes de usar a cidade como um esconderijo seguro enquanto estavam em Porto-Frio, e salvar muitos mortais que estavam "presos" em Porto-Frio. Com a ajuda do rei Ayleid Laloriaran Dynar, Vanus Galerion o fundador Aldmeri do Grêmio dos Magos, forçaram a entrada na cidadela de Porto-Frio até o covil de Molag Bal. Depois o Porteiro se revolou ser o Príncipe Daedrico Meridia, ajudando o Vestígio e os Cincos Companheiros atravessaram um portal até uma área sob total controle das forças de Molag Bal. Meridia e Molag Bal se encontraram cara-a-cara e começaram a se enfrentar, permitindo que o Vestígio destruísse a Ancora Negra. Ao confrontar Molag Bal, o Vestígio usou o Amuleto dos Reis no Príncipe Daedrico, antes que ele o matasse. Os dois começaram a batalhar, ambos equivalentes em poder e divindade, mas por fim; Molag Bal caiu em combate pela primeira vez, permitindo que todas Almas Secas escrevizadas por Molag Bal, pudessem voltar para Nirn.

Missões

Old molagbal

Molag Bal (em Daggerfall)

Herói de Daggerfall

O Herói de Daggerfall recebeu a Clava de Molag Bal em troca de eliminar um mago ou padre herege.

Herói de Kvatch

Molag Bal tem que ser invocado pelo Herói. Ele queria que o Campeão corrompesse Melus Petilius, forçando-o a matar com a Clava Amaldiçoada. O Campeão foi capaz de enfurece-lo a ponto dele pegar a Clava Amaldiçoada e utilizada para mata-lo. Pouco antes do golpe final, Molag Bal teletransportou o Campeão de volta para seu altar, e concedendo à ele a Clava de Molag Bal. A mesma arma que fora dada ao Herói de Daggerfall, décadas atrás.

Dovahkiin

Durante a Quarta Era, o jogador deve ajudar um Vigilânte de Stendarr chamado Tyranus, a investigar atividade suspeitas numa casa abandonada em Markath. Ao entrar na casa, Molag Bal força ambos a lutarem até a morte, resultando na morte de Tyranus. Quando o jogador fala com o Príncipe Daedrico, ele promete sua Clava como recompensa se trouxer Logrolf o Determinado; um sacerdote de Boethiah para a casa abandonada e força-lo a implorar por sua vida, entregando sua alma para Molag Bal. O jogador mata Logrolf e é recompensado com a Clava de Molag Bal.

Vampirismo

Criador e divindade patrona

A doutrina do Templo Dunmeri, Vampiros de Vvardenfell, vol. 2; dita que o Príncipe Daedrico Molag Bal é o pai dos vampiros. É registrado em seu "Documentos Particulares de Galur Rithari, Buoyant Armiger". De alguma forma, o Templo Dunmeri mantém isso em segredo do mundo, por nenhuma razão aparente.

Outro documento mencionando Molag Bal como o pai dos vampiros é "Opúsculo de Lamae Bal". O livro conta uma história de Molag Bal, e seu ódio para com Arkay, profanando o corpo de uma virgem Nede, Lamae Beolfag. Lamae, agora conhecida como Lamae Bal, é a Matriarca de Sangue e a primeira Vampiro.

Vampiros de sangue puro, são aqueles transformados diretamente por Molag Bal, o criador e patrono do vampirismo. Esse processo é muito similar que o utilizado para criar a primeira vampira, Lamae Beolfag; os mortais conseguem tronassem vampiros através de um ritual, onde são oferecidos membros femininos a Molag Bal. As mulheres que sobreviverem a essa agonia, assim como Serana e sua mãe Valérica, são nomeadas "Filhas de Porto-Frio".

Galur Rithari, um dos Buoyant Armiger, foi curado de vampirismo por Molag Bal.

Evolução

Os vampiros de Vvardenfell e Baia Iliac são facilmente reconhecidos pelas pessoas, mas isso não é igual para vampiros de Cyrodiil; isso é óbviamente um outra espécie. Os vampiros de Cyrodiil possuem três estágios de infecção, dependendo de quando foi sua última refeição. Quando bem alimentados eles são indistinguíveis de pessoas normais e podem até andar em plena luz do dia. Mas, quando vampiros de Cyrodiil estam famintos, todos os sinais de vampirismo não podem ser escondidos. Isso é algo único para vampiros Cyrodiilicos, de acordo com Manifesto Vampyrum Cyrodiil, isso foi um presente de Clavicus Vile. Por isso, vampiros de Cyrodiil veneram Molag Bal e Clavicus Vile.

Curiosidades

  • De acordo com Escuridão mais Escura, as criaturas que se assemelham com crocodilos chamados Daedroth, são servos de Molag Bal.
  • Em Dawnguard, é dito que vampiras de sangue puro devem "oferecer seus corpos" à Molag Bal. Serana afirma que aquelas que sobrevivem tornam-se Filhas de Porto-Frio, indicando que o ritual é traumático. Se questionada, Serana se recusará a falar, dizendo apenas que era "degradante", indicando que ele estupre suas servas.
  • A inspiração para o nome Molag Bal parece ter vindo das divindades canaanitas Moloch e Ba'al.
  • O nome de Molag Bal siginfica Fogo (Molag) e Pedra (Bal), de acordo com idiomas Aldmeri e Dunmeri. Meridia se refere a ele como Pedra de Fogo.
  • Em Oblivion, Mankar Camoran afirma incorretamente que "Porto-Frio" é o reino de Meridia.

Aparições

Galeria

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.